Teardowns: Desmontagem para mostrar do que e capaz

07.03.2019

Para a maior parte dos freelancers, ter um portfolio forte, que mostra efetivamente do que são capazes, é muito mais importante do que limitar-se a dizer aos seus potenciais clientes o que lhes pode oferecer. Mas, existem outras possibilidades?

Uma das formas de mostrar realmente do que é capaz é através da análise, desmontagem ou teardowns (em inglês) – neste artigo vamos explicar exatamente no que consiste e como a pode fazer você mesmo.

 

O que é uma desmontagem ou teardown?

Uma desmontagem consiste, essencialmente, na separação dos componentes de um produto ou website, para que possam ser identificados e analisados as suas partes mais importantes, como eles funcionam, e procurar oportunidades de melhoria.

Em resumo, trata-se de dar o seu feedback pessoal, do seu ponto de vista profissional, acerca do produto em causa. Isto significa que a sua análise deve estar focada principalmente no seu nicho.

Se for um web designer, focar-se-á em analisar o design do site e nas melhorias que poderá implementar: cores, imagens, páginas, posições, etc.

Se for um designer UX, o seu maior foco será perceber se o utilizador percebe imediatamente a finalidade do site, sobre o que é, e quais os próximos passos para atingir os seus objetivos.

Se for consultor, talvez o seu objetivo seja discutir o modelo de negócio ou estratégia de pricing de um determinado serviço.

Uma análise pode ser excelente para demonstrar quais os elementos de um site que podem não estar a funcionar efetivamente, permitindo-lhe exibir as suas habilidades a potenciais clientes e mostrar-lhes porque precisam dos seus serviços.

 

Uma análise pode ser excelente para exibir as suas habilidades e demonstrar a potenciais clientes porque é que precisam dos seus serviços.

 

Vantagens de criar desmontagem enquanto freelancer

Os benefícios de criar análises para os seus potenciais clientes são muitos. Incluem:

  • Contacto com potenciais clientes: Criar uma análise para o website de um potencial cliente é uma excelente forma de se colocar em contacto com ele diretamente, mostrando-lhe exatamente porque é que precisa dos seus serviços de freelancer e o que o pode ajudar a atingir.

 

  • Exemplos reais do seu conhecimento: Não há melhor forma de apresentar provas da sua experiência e conhecimento enquanto freelancer do que mostrar aos seus potenciais clientes. Uma análise mostra exatamente como você vê um website e o que faria para o melhorar. Pode, igualmente, demonstrar como melhoraria um processo em vez de um website.

 

  • Notoriedade para a marca: As análises podem ser muito úteis para mostrar aos seus potenciais clientes, mas são também muito úteis para criar mais notoriedade para a sua marca enquanto freelancer. Partilhe as suas análises nas plataformas das redes sociais, como prova da sua experiência, para ajudar a evidenciar a sua imagem de especialista junto do seu nicho.

 

  • Use um estudo de caso: Se ficar com um cliente após criar uma análise para o website dele, terá então um excelente estudo de caso que poderá utilizar como testemunho no seu próprio website. Os testemunhos são outra maneira fantástica de mostrar a futuros clientes que estão a contratar um freelancer competente.


Como criar uma desmontagem

As desmontagem focam-se em múltiplos elementos de um website, analisando como funciona cada um e a sua contribuição individual para a criação de um ambiente que encoraje os visitantes a tornarem-se em clientes.

 

1. Selecione o produto, serviço ou website

Para fazer uma análise não precisa de ter em mente um cliente em especial. Em vez disso, pode escolher um website muito conhecido, que pertença ao mesmo nicho de mercado onde está a procurar clientes.

Nesta análise, por exemplo, Val Geisler decidiu fazer uma análise da integração de email da CoSchedule’s para demosntrar os seus conhecimentos nesta área.

 

2. Faça uma lista das coisas a analisar

Ao criar uma análise por si, necessita de identificar quais os elementos que vai decompor (abaixo identificamos alguns dos componentes mais comuns que poderá escolher, mas esta lista não é de todo exaustiva!).

Se for, por exemplo, web designer, existirão determinados elementos que farão mais sentido decompor do que se for copywriter.

Coisas que poderá analisar na home page de um website, enquanto web designer, incluem:

  • Tempo que demora a abrir
  • Layout
  • Cabeçalho
  • URL
  • Texto
  • Links
  • Navegação

 

Coisas que poderá analisar numa página enquanto copywriter:

  • Estrutura: Cabeçalho, listas, subcabeçalhos
  • Comprimento do texto
  • Palavras utilizadas
  • Estilo da escrita
  • Call to action utilizado

 

3. Encontre coisas boas e melhoramentos

Agora que já tem a sua lista de componentes a analisar, deverá verificá-los um a um e decidir se necessitam de melhoramentos no site que escolheu analisar.

Seguindo com o exemplo do website, as coisas que deve considerar incluem:

  • A página carrega em menos de 3 segundos? Se não, o website pode estar a perder uma percentagem considerável de visitantes, simplesmente porque é demasiado lento a carregar.

 

  • O layout parece profissional, com um logo facilmente identificável e a temática da marca bem posicionada na página? Os detalhes estéticos, como estes, podem fazer uma enorme diferença na primeira impressão que um potencial cliente terá do seu website.

 

  • E o cabeçalho, também é explícito, com um texto conciso e bem escrito que explica o porquê da existência do website, e a quem se destina? Estes detalhes, em particular, devem ser características principais que atestam de imediato a razão para a existência do website e para quem ele pode ser relevante (p.exe.: para os seus clientes)

 

  • O menu está exposto de forma clara e é de fácil navegação? O website tem links destacados para a página “sobre”, para a página “testemunhos” ou para o portfolio? E uma página de blog? Ou será que fica sem saber muito bem onde clicar para obter mais informações, em qualquer uma das páginas? Este é precisamente o tipo de coisas que uma análise deve considerar.

 

4. Apresente os resultados

Tem estado a analisar a página em questão ou o produto que escolheu e agora é hora de mostrar as suas descobertas, o que funciona e o que necessita de melhoramento.

Existem diferentes formatos que pode utilizar para apresentar as suas ideias.

Alguns dos formatos de análise são:

  • Post em blog + capturas de ecrã
  • Post em blog + podcast
  • Apresentação com slides (p.exe.: PowerPoint)
  • Vídeo com explicação dos pontos principais
  • Gravação do ecrã com voice-over
  • Podcast


Claro que também pode sempre fazer uma combinação de todos estes formatos (ou usar qualquer outro que prefira) para oferecer análises a diferentes pessoas que queiram consumir conteúdos de diferentes formas.

No exemplo de Val Geisler que utilizamos antes, Val utiliza o seu blog para fazer a análise à integração do e-mail e combina capturas de ecrã com texto. Além de ir apresentando os seus comentários à medida que apresenta a sequência de e-mails, ela inclui ainda exemplos de melhoramentos no e-mail que ela considera úteis e termina resumindo o que encontrou de positivo, menos positivo e mesmo mau.

 

Agora é a sua vez!

 

Alguma vez uma análise para demonstrar as suas capacidades enquanto freelancer? Diga-nos quais os componentes que considerou na sua análise, e se a mesma foi útil!

Crie seu perfil de freelancer e encontre novos projetos agora mesmo.

 Cadastre-se grátis!

More articles

  • Organizar uma sessão de Pergunte-me Qualquer Coisa como Freelancer

    Os freelancers estão sempre à procura de novos estratagemas para ultrapassar a concorrência. Para atrair potenciais clientes e dinamizar os que já tem, há que adaptar-se às novas tendências. E uma dessas tendências é a criação de sessões de Ask Me Anything (Pergunte-me Qualquer Coisa).
  • Como se tornar num especialista em Sistemas de Informação Geográfica (GIS)

    O que são os GIS e para que servem? Maria Osorio, especialista em Sistemas de Informação Geográfica (GIS) e em ArcGIS, versão 10.0, explica tudo, incluindo a utilização desta tecnologia e como se pode tornar também num especialista GIS!
  • 7 dicas para obter rendimentos passivos enquanto freelancer

    Normalmente a atividade de freelancer está associadas à geração de rendimento de forma ativa – você é pago pelas horas que dedica a certa tarefa, idealmente um projeto completo. No entanto existe outra forma de ganhar dinheiro enquanto freelancer, obtendo rendimentos de forma passiva.

Comments

  • No comments available

Comment this article