You are here:  Freelancer Tips  »  Article

 
18.05.2018

Impressão 3D: 5 coisas que você tem que saber


A impressão 3D tornou-se um fenômeno nos últimos anos, não apenas porque a tecnologia tornou-se ainda melhor nos últimos cinco anos, mas porque popularizou-se também financeiramente. Imprimir coisas de plástico e em outros materiais pode parecer algo que não é tão relevante assim para quem é freelancer, mas acredite: a impressão 3D pode abrir as portas de um novo negócio.

Freelancers que possuem formação em engenharia ou design podem ser muito beneficiados por esta tecnologia. Abaixo, você encontrará cinco coisas que você precisa saber antes de começar a trabalhar com a impressão 3D:

  1. Você pode imprimir produtos...

Existem duas maneiras de começar um negócio focado em impressão 3D. A primeira é, claro, a mais óbvia: compre uma impressora, faça-a funcionar e comece a imprimir objetos e afins. A maior desvantagem deste tipo de negócio é o investimento financeiro inicial, que costuma ser bastante alto. Sim, existem algumas impressoras 3D que não custam tão caro, mas ainda assim, você precisa começar este negócio já com algum dinheiro em caixa. Não há como ir adiante se o seu equipamento não for bom e se os seus materiais não forem de qualidade.

A maior vantagem é óbvia: você chega muito mais rápido ao seu alvo. Você é quem cria o produto e quem o imprime. Você não precisa que alguém teste os seus projetos; você pode fazer isso sozinho, de forma rápida e precisa, e descobrir depressa como eliminar os problemas e incômodos das suas primeiras impressões.

  1. ...ou só fazer o design deles.

Caso prefira, você pode postergar a compra da impressora 3D e começar a desenhar os objetos que irá vender, em algum programa de sua escolha. A maior vantagem desta escolha é que você poderá utilizar várias ferramentas sem precisar pagar por elas. Existem, aliás, algumas impressoras 3D que podem ser alugadas: às vezes, elas são tão boas que imprimem também em metal. Pagar por isso não é sempre muito barato, é verdade, mas os resultados costumam valer a pena - e você não precisa, logo de cara, comprometer o limite do seu cartão de crédito.

Existe um lado negativo em apenas criar objetos e contar com outra pessoa para imprimi-los. Como dissemos no tópico acima, terceirizar um serviço fará com que você leve muito mais tempo para ter o seu produto em mãos, pode fazer com que você atrase a entrega de vários trabalhos e, às vezes, pode não ser tão vantajoso financeiramente.

  1. O mercado consumidor é grande e múltiplo

Neste ponto, você deve estar se perguntando: “Para quem eu vou vender estes objetos?”. A resposta para esta questão é simples: para várias pessoas, exceto para negócios realmente muito grandes. Trabalhar com impressão 3D é ótimo porque permite que você crie inúmeras partes diferentes, em uma escala que pode ser pequena ou grande.

Este é o motivo pelo qual pequenas e médias empresas, que precisam de uma quantidade razoável, mas não massiva de artigos, podem ser potenciais clientes para o seu negócio de impressão 3D. Acredite, mesmo pessoas que colecionam bonecos e figuras de ação podem se interessar pelo que você está fazendo.

  1. Uma graduação em design ou engenharia será útil de qualquer forma

Se você quer entrar no mundo da impressão 3D, precisa primeiro entender duas coisas: a primeira é que você precisa desenvolver coisas que aguentem pressão e tenha durabilidade. Em outras palavras, as coisas que você cria devem ser resistentes e não desmanchar ao toque. Uma graduação ou conhecimentos prévios de engenharia podem ajudar muito nesta parte. Embora não seja obrigatório tornar-se um engenheiro para trabalhar com impressão 3D, este tipo de conhecimento sempre será muito útil.

A segunda coisa que você precisa entender é que o design é importante, sim. Pode parecer fácil e meio bobo dizer isso, mas acredite: não é tão simples criar objetos bonitos. Muitas horas de design foram gastas até que o design do seu computador fosse aprovado, vá por mim. Embora as suas impressões não sejam algo que será vendido em uma loja da Apple - talvez! -, você precisa investir em qualidade de imagem e estética.

  1. Existem diversas ferramentas e tutoriais online

Todo novo negócio traz um pouco de dor de cabeça e obriga as pessoas a saírem de sua zona de conforto. Para ajudá-lo nesta empreitada, felizmente existe a internet.  Uma dica? O Github fez uma lista de diversas ferramentas que podem ajudá-lo a embarcar no mundo da impressão 3D. Neste link, você encontrará informação sobre marcas de impressoras, conhecerá mais sobre os programas utilizados para criar objetos, encontrará tutoriais e muito mais. Boa sorte!

Você está procurando por um expert em impressão 3D? Dê uma olhadinha aqui, então.

Crie seu perfil de freelancer e encontre novos projetos agora mesmo.

 Cadastre-se grátis!

More articles

  • Como um mês de trabalho no exterior pode mudar a sua carreira

    Você se sente preso e desmotivado com a rotina? Quando ter novas ideias e investir em criatividade passa a ser muito difícil, você precisa tirar um tempo para você. Freelancers costumam tirar férias com muito menos regularidade do que trabalhadores em regime tradicional e não é difícil entender o motivo disso, uma vez que trabalhar “por conta” faz com que você tenha que se organizar de formas menos convencionais.
  • Trello para freelancers: como organizar seu negócio

    Organizar a sua vida e o seu tempo de trabalho são coisas essenciais para qualquer um, mas ainda mais importantes para freelancers. Por quê? Antes de tudo, organizar-se faz com que você economize muito tempo - se você sabe o que fazer e deixa tudo ao alcance das mãos, a rotina fica meio menos complicada.
  • De freelancer a consultor: como expandir seus negócios

    Consultoria e freelancing podem andar de mãos dadas perfeitamente. A maioria dos freelancers costuma se aventurar no campo da consultoria depois de algum tempo de trabalho e ao reunir uma boa quantidade de experiência. Chegou a sua hora?

Comments

  • No comments available

Comment this article