Calcular valor hora – Quanto cobrar por projeto freelancer

C

Todos nós que optámos por trabalhar como freelancers, em determinada altura tivemos dúvidas sobre o preço a colocar no nosso trabalho. Se também é o seu caso e se está neste momento a tentar calcular o valor hora que deve cobrar no seu próximo projeto freelancer, nada tema. Vamos ajudar a encontrar as respostas.

Mais importante do que tentar perceber quanto um freelancer cobra por hora em sua área profissional, aquilo que deve procurar definir é qual é o valor mais adequado.

De acordo com o nosso último inquérito a freelancers, em 2019, o valor médio por hora, entre os profissionais de IT foi de $93.24 por hora. Obviamente, este pode não ser o seu valor, mas se trabalha no universo IT, vai beneficiar por conhecer este dado.

Para encontrar o valor mais adequado à sua situação, deve ter em conta o seu grau de conhecimento e experiência profissional, a dificuldade do trabalho, o orçamento do cliente e claro as suas expetativas.

Muitas vezes, a grande dificuldade que as pessoas sentem em definir a sua tabela de preços freelance tem a ver com o dilema: vou cobrar um valor baixo e acabar trabalhando muito para ganhar pouco? Ou vou pedir mais e correr o risco de não conseguir o trabalho?

Este artigo é um guia que vai ajudar a determinar quanto cobrar por hora.

  1. Por que não usar uma tabela de preços freelance
  2. Estratégias para definir quanto cobrar pelo seu trabalho
    1. Conheça o valor hora médio na sua área profissional
    2. Saiba quais os seus custos profissionais
    3. Mantenha a concorrência por perto
    4. Adeque o seu preço à dimensão do projeto
  3. Utilizar uma calculadora freelancer
  4. Quanto ganha um freelancer? Valor hora médio dos freelancers por indústria
  5. Três formas possíveis de cobrar os seus projetos freelancer
    1. Cobrar por hora ou dia
    2. Preço fixo por projeto
    3. Contrato de avença
  6. Depois de calcular valor hora, apresentar ao cliente

Por que não usar uma tabela de preços freelance

Se chegou até este artigo com o objetivo de encontrar exatamente quanto cobrar por hora, lamentamos mas não vamos conseguir ajudar. Tentar impor um valor absoluto que sirva para diferentes projetos e sobretudo, que o/a ajude a ser um freelancer competitivo é uma tarefa impossível.

Cada vez mais, quando alguém envia o seu cálculo de valor hora para um projeto freela está a competir com diversos outros profissionais. Assim, é essencial que você apresente um valor equilibrado e realista para aquele projeto em particular.

Em seguida, vamos vamos enunciar quais os principais critérios nos quais deve pensar no momento de fazer o cálculo do valor hora que vai propor.

Estratégias para definir quanto cobrar pelo seu trabalho

O primeiro princípio que deve ter em consideração é que para cada projeto você deve definir um novo orçamento. Pode parecer contraproducente, mas a realidade é que se você tiver em consideração as particularidades de cada potencial cliente, as suas hipóteses de conseguir o trabalho são bastante superiores.

Fique então com algumas estratégias que vão ajudar a determinar um preço justo para o seu trabalho enquanto freelancer.

#1 Conheça o valor hora médio na sua área profissional

O primeiro passo é simples: pesquise qual é o valor médio que um profissional da sua área profissional recebe. Para isso, deve também compreender na plenitude qual é o seu nível de experiência. Obviamente, profissionais de nível júnior, pleno, sénior, master ou especialista recebem valores bastante díspares.

Não se foque somente em saber quanto custa a hora de um freelancer que trabalha na sua área. É importante perceber qual é salário de quem trabalha em empresas e tem um salário fixo. E já vai perceber o porquê.

Assim, procure saber qual é o salário médio fixo de um profissional que trabalha na sua área. Não se esqueça de somar também o valor de eventuais mais-valias (seguros e subsídios incluídos).

160 horas por mês = horas de trabalho mensais para quem trabalha 40h por semana

Depois, divida o valor do salário e das mais-valias e divida por 160 horas (para um horário de trabalho de 40 horas semanais). O valor que irá encontrar é a primeira referência para calcular o valor hora que deve cobrar.

Fazer estes cálculos é importante pois é uma conta que muitas empresas também fazem na hora de contratar um freelancer, com o objetivo de saber se é mais vantajoso contratar um novo funcionário para os quadros ou optar pela contratação de um profissional.

2# Saiba quais os seus custos profissionais

Quando estamos a dar os primeiros passos no admirável mundo do freelancing, podemos incorrer no erro de fazer contas rápidas, e de imaginar tudo aquilo que fazemos fazer com o montante que vamos receber.

Mas calma, é preciso pensar: se vamos receber X, temos que descontar Y para a conta da Internet, Z para a eletricidade. E ainda pode ser necessário considerar: o custo espaço de coworking, eventuais subscrições de software ou de outras ferramentas profissionais.

E nunca esquecer do bicho-papão que atormenta todos os freelancers: os impostos! Sim, ao tornar-se freelancer vai ter muito mais liberdade, mas não adianta fugir dos impostos.

Tome note, que deve contabilizar estas despesas, não para adicioná-las ao orçamento que vai apresentar ao seu cliente, mas sim para ter uma ideia mais clara do impacto que estes custos irão ter sobre o montante que receber.

#3 Mantenha a concorrência por perto

No freelancing, como em muitas áreas onde existe concorrência, é importante saber aquilo que a concorrência está a fazer. Ao saber quanto ganha um freelancer que trabalha na sua área profissional, você conseguirá definir preços mais competitivos.

Isto é particularmente interessante pois permite adaptar a sua realidade ao panorama geral. Em certas situações, o valor hora que pode parecer ajustado para você até pode estar bem abaixo da média do mercado. Assim, você estaria perdendo dinheiro se não olhasse com atenção para os valores da concorrência.

Também é importante notar que se você colocar um preço demasiado baixo no seu trabalho, alguns clientes podem desconfiar do seu real valor. Nada como conhecer bem a realidade do mercado e praticar valores dentro da média.

#4 Adeque o seu preço à dimensão do projeto

Finalmente, depois de você ter analisado todos os pontos anteriores, é fundamental olhar para o projeto e para as caraterísticas da empresa. Se é uma empresa de grande dimensão com um orçamento grande, você tem maiores possibilidades de negociar. Pelo contrário, se é uma empresa pequena e com um orçamento limitado, não convém você ser muito exigente.

É também importante ter em consideração fatores como a duração do projeto e o grau de dificuldade do mesmo. Geralmente, os freelancers gostam de fazer parte de projetos mais longos, pois dessa forma conseguem mais estabilidade.

Utilizar uma calculadora freelancer para calcular valor hora

Se mesmo após tudo isto, você ainda tem alguma dificuldade em fazer o cálculo do valor hora, não se preocupe. Existem ferramentas online que podem ajudar quem procura definir quanto cobrar por hora.

Um bom exemplo é esta calculadora freelancer web do site 99 Freelas, que permite facilmente calcular valor hora.

Como funciona? É fácil, basta introduzir o valor que você quer ganhar por mês. No segundo ponto, coloca o número de horas que pretende trabalhar por dia. No terceiro, coloca o número de dias que pretende trabalhar por semana. Finalmente, deve inserir o número de semanas que pretende tirar de férias em cada ano.

O resultado é o valor que deve cobrar por hora para alcançar o valor mensal que definiu. Bem prática esta calculadora freelancer, não é?

calcular valor hora freelancer

Quanto ganha um freelancer? Valor hora médio dos freelancers por indústria

Vale a pena estudar atentamente o valor hora cobrado na indústria em que você trabalha. Essa informação não é difícil de obter, pois muitos profissionais divulgam abertamente o valor hora que cobram no seu site ou nas plataformas onde oferecem os seus serviços.

Na posse dessa informação, você irá conseguir perceber como a experiência e o histórico profissional influenciam o valor hora médio cobrado pelos freelancers.

Adicionalmente, esta informação permite que saiba quanto os clientes estão dispostos a pagar, algo muito importante na hora de negociar um novo projeto.

Partilhamos um estudo sobre o mercado freelancer que mostra quanto ganha um freelancer em diferentes setores:


Consultoria e Gestão
SAP Infraestructura IT
Desenvolvimento software
Engenharia Desenho gráfico, conteúdo e media
Estudo Freelancer
$115 $104 $93 $80 $80 $78
Índice freelancermap $90 $90 $79 $71 $67 $51

Valor hora freelance resultado do Estudo Freelancer 2019 e do índice de preços no freelancermap (Agosto de 2020)

Pode facilmente investigar você mesmo os valores hora de freelancers com habilidades específicas, como SAP FICO, PHP, Python ou Design UX na lista de freelancers.

Basta escrever a palavra-chave, usando a opção “Busca avançada” e pesquisar o que pretende.

Mostramos um exemplo de como pesquisar pelo valor hora cobrado por um desenvolvedor web na Aústria e comparar com o valor hora na Bélgica:

valor hora media exemplo desenvolver web freelancermap

Três formas possíveis de cobrar os seus projetos freelancer

Neste momento já sabe como calcular o seu preço mínimo de trabalho freelancer. Esse é um bom passo para saber quanto vale o seu trabalho. Porém, é importante referir que cobrar os projetos por hora, normalmente não é a melhor opção para os profissionais autónomos ou freelancers.

Existem outras estratégias de preço que você pode aplicar quando determina como vai cobrar os seus projetos. Descubra quais são os métodos possíveis:

#1 Cobrar por hora ou dia

Cobrar um projeto por hora pode não ser a opção mais benéfica ou até a mais eficiente para os freelancers.

Este método de cobrar obriga a que o freelancer faça desde logo uma estimativa de cada uma das tarefas que realizada. É um método que é particularmente desadequado para os freelancers mais experientes.

Isto porque, ao ter a experiência e o conhecimento, isso permite que o freelancer execute a tarefa rapidamente. Mas na prática, isto não deveria significar que esse conhecimento apenas valesse 10 minutos.

Esse período de tempo é apenas o que foi necessário para completar a tarefa, mas não representa o real valor do trabalho realizado.

Em vez de cobrar por hora, e quando se trata de um projeto de curta duração, pode optar por cobrar por dia de trabalho.

É importante notar que um dia de trabalho não representa necessariamente 8 horas. Você é que irá definir quantas horas será necessário para executar o projeto.

Quando opta pela opção de cobrar por dia, tem sempre a opção de vender vários dias de trabalho a um preço previamente estipulado (o qual até pode incluir um desconto, quando o cliente compra mais do que X dias).

Contudo, recomendamos que limite a sua disponibilidade semanal a 3 ou 4 dias por semana, para que você possa também ter também para outros projetos.

#2 Preço fixo por projeto

O preço fixo por projeto completado é uma opção favorita de muitos freelancers e profissionais autónomos. Isto acontece, porque esta opção baseia-se no valor proporcionado.

Este método de cobrar como freelancer oferece ao cliente a garantia de que o trabalho se irá completar. Já para o freelancer, este método possibilita que seja cobrado o verdadeiro valor do trabalho realizado e não o valor do tempo que se demorará a realizar o projeto.

Assim, esta é uma opção que oferece valor a ambas as partes. O profissional e o cliente saem os dois beneficiados.

#3 Contrato de avença

Os contratos de avença para freelancers têm a vantagem de oferecer uma maior estabilidade, pois garantem um certo rendimento mínimo durante um período de tempo pré-estabelecido.

Os contratos de avença podem ser semanais ou mensais e ajudam os profissionais autónomos a ter um rendimento constante.

É uma opção especialmente vantajosa pois permite que os freelancers programem melhor o seu trabalho, podendo assim ser mais produtivos.


Junte-se à nossa comunidade de freelancers hoje mesmo! Crie seu perfil de expert em apenas 2 minutos. Encontre Projetos sem comissão!


Depois de calcular valor hora, apresentar ao cliente

Agora que você já fez os seus cálculos e já sabe qual é o seu valor, é hora de o apresentar para o cliente. Este momento envolve sempre algum nervosismo, mas agora você está em condições de apresentar um valor sólido, dentro da realidade e justo. Assim, irá sentir-se mais confiante e tudo irá correr melhor.

Acredite que vale a pena fazer as contas ao detalhe e analisar cada aspeto antes de definir um valor. Será mais fácil identificar projetos com valores demasiado baixo e dará mais força nas negociações.

Um bom freelancer não pode ser apenas um bom profissional na sua área. Também é necessário ser um bom negociador, para conseguir receber o valor que o seu trabalho realmente vale.

André Alface

Escreva um comentário

Artigos recentes