KPI indicadores para Freelancers: As métricas que importam

K

Há muitas formas de medir o seu sucesso enquanto freelancer. Uma delas é a quantidade de dinheiro que está a ganhar, mas isso não é necessariamente a mais importante. Existem outros aspetos que também deve considerar, é aí que entra a importância do termo KPI indicadores. 

  1. KPIs indicadores para Freelancers: 4 Formas de medir o seu crescimento
    1. Lucro
    2. Crescimento
    3. Valor/Hora por cliente
    4. Redes sociais
  2. Tipos de KPIs
  3. Quais os indicadores-chave de performance que devo utilizar?
    1. Evitar as métricas de vaidade
  4. Exemplos de KPI Excel
    1. Fazer download de KPI Excel para freelancers
  5. Compreender os KPI indicadores é um passo fundamental

Neste artigo vamos mostrar o que são os KPI indicadores, com exemplos de Excel Dashboards.

Se já pesquisou por “KPI significado” sabe que esta sigla pode representar parâmetros tão diferentes como: 

  • o número de clientes que conseguiu angariar,
  • o que está a ganhar verdadeiramente por hora de trabalho,
  • a eficácia dos seus esforços de promoção, etc.

Se quer que o seu negócio seja bem-sucedido, “voar ao sabor do vento” não será, certamente, suficiente.

A definição de indicadores-chave de performance é simples: os KPIs são uma das formas que pode utilizar para medir a performance de um processo ou negócio.

Utilizar os indicadores-chave de performance (KPIs) é uma excelente forma de medir efetivamente o desenvolvimento do seu negócio.

Essencialmente, os KPIs ajudam-nos a acompanhar o desenvolvimento tanto a longo como a curto prazo, permitindo-lhe intervir atempada e adequadamente caso alguma das suas áreas não esteja a corresponder às expetativas. Vai permitir-lhe perceber se está a dedicar demasiado tempo a algo que não o merece.

Os KPIs são apelidados de técnica SMART (Specific, Measurable, Achievable, Relevant, Timely – Específicos, Mensuráveis, Atingíveis, Relevantes, Temporais). É assim que eles devem ser para que o consigam ajudar a medir a sua evolução.


Junte-se à nossa comunidade de freelancers hoje mesmo! Crie seu perfil de expert em apenas 2 minutos. Encontre Projetos sem comissão!


KPI indicadores para Freelancers: 4 Formas de medir o seu crescimento

#1 Lucro

O lucro é um indicador óbvio, diretamente relacionado com uma performance de sucesso. No entanto, lucro e rendimento total são coisas muito distintas. O lucro é o dinheiro que lhe entra diretamente no bolso, após impostos e despesas do negócio. Uma medição consistente do seu lucro pode fazer muito pelo seu negócio.

Em primeiro lugar, ajuda-o a identificar as chamadas “épocas baixas”, aqueles meses onde tendencialmente tem menos trabalho e recebe menos dinheiro. Além disso, é um bom indicador do desenvolvimento do seu negócio ao longo do tempo.

Se tiver dificuldades em acompanhar os seus rendimentos numa base mensal ou anual, talvez deva considerar a utilização de uma app ou software financeiro para tornar este acompanhamento dos KPIs muito mais fácil.

#2 Crescimento

Para perceber realmente se está a ter sucesso a longo-termo, será importante medir o seu crescimento. Pode medir o seu crescimento simplesmente dividindo os seus lucros mensal ou anualmente. Assim que perceba o índice de crescimento do seu negócio no último ano, pode decidir como deverá agir face a essa informação.

Se o seu objetivo passa por aumentar o crescimento, tente manter um índice de controlo de crescimento anual (neste caso, os valores mensais serão demasiado voláteis). 

Talvez esteja satisfeito com o rumo das coisas e queira que tudo se mantenha exatamente como está – mas mesmo assim deverá medir o crescimento e tentar mantê-lo o mais estabilizado possível, ou numa rota ascendente, para compensar a inflação e as despesas. 

Se não o fizer, poderá estar a negligenciar um potencial crescimento negativo, e quando se aperceber poderá ser já demasiado tarde para agir.

#3 Valor/Hora por Cliente

Quer esteja a cobrar aos seus clientes um valor/hora, por partes de projetos ou pelo projeto completo, a mediação do valor/hora é sempre uma boa prática. É fácil de fazer – basta medir o tempo que passa a fazer algo, somar as horas no fim e dividir o seu lucro por essas horas. Considerando todos os seus clientes, é provável que chegue a uma vasta gama de valores/hora.

No topo dessa gama encontram-se os clientes que mais pagam pelo seu tempo e serviços. No fundo, todos os freelancers sem distinção terão aqueles clientes que lhe tomam muito tempo, mas não contribuem muito para o seu negócio a nível financeiro.

O ideal é mudar o tipo de clientes que tem no fundo pelo tipo de clientes que tem no topo. Com o passar do tempo – um ou dois anos, por exemplo – deverá fazer um refresh para conseguir aumentar de forma estável o seu rendimento/hora e, consequentemente, o seu lucro.

#4 Redes Sociais

Por fim, ao utilizar as métricas anteriores e adicionais poderá verificar o estado da sua promoção nas redes sociais. Se utiliza o Facebook para angariar clientes, quantos clientes é que já conseguiu realmente através desta rede? Compare esse número, por exemplo, com o número de clientes que consegue através dos websites de freelancing.

Além disso, que tipo de clientes consegue particularmente através desse canal? Se é do tipo de clientes que fica sempre no fundo da escala de valor/hora, talvez esteja na hora de reavaliar a sua estratégia e simplesmente desistir deste método.

O mesmo acontece com o Instagram que pode ser utilizado de forma profissional, para alcançar mais clientes, seguindo a estratégia certa. 

Alguns exemplos de indicadores-chave de performance que pode avaliar, no que diz respeito ao mercado que advém das redes sociais, incluem:

  • Tráfego para o seu website gerado por campanhas em redes sociais
  • Gasto por clique (se tiver anúncios)
  • Aumento de seguidores
  • Interações (quantos dos seus clientes interagem efetivamente com os seus posts?)
  • Mensagens de potenciais clientes

Contudo, salientamos a importância de olhar para os indicadores KPI das redes sociais de forma ponderada. Pode existir a tentação de valorizar demasiado certos parâmetros que não são assim tanto importantes. 

Alguns desses parâmetros incluem-se naquilo que se designa por “Vanity KPIs” (numa literação literal, KPIs de vaidade). Por exemplo, o número de seguidores, ou o número de likes encaixa-se neste parâmetro. 

É um dado muito menos importante do que o número de leads gerados, ou até mesmo do que o tráfego gerado. Porém, muitas pessoas valorizam demasiado estes parâmetros. Mais à frente iremos desenvolver este tema com mais atenção.

Tipos de KPI Indicadores

O que indicamos acima é somente uma lista de algumas das formas através das quais pode acompanhar o crescimento do seu negócio através do indicadores-chave de performance.

Outros tipos de KPIs:

  • Custos de aquisição de clientes (p.exe.: quanto gastou em publicidade e quantos clientes conseguiu angariar com essa publicidade)
  • Taxa de desistências (quantos potenciais clientes visitam o seu website e o abandonam sem efetivar qualquer transação)
  • Rotatividade de stocks (este só se aplica caso venda produtos físicos)
  • Promoção fora das redes sociais (SEO, PPC, etc.)
  • Potenciais contactos gerados/convertidos em clientes
  • Número médio de horas por cliente

Quais os indicadores-chave de performance que devo utilizar?

A escolha do KPI que pretende utilizar para acompanhar o crescimento do seu negócio depende inteiramente dos seus objetivos.

Claro, numa perspetiva de negócio, o que faz mais sentido é acompanhar o seu crescimento financeiro através da análise ao lucro, cash flow e valores/hora. Deve, por isso, focar-se nos KPIs financeiros.

No entanto, quanto atingir um ponto em que o crescimento financeiro deixa de ser a prioridade número um, talvez considere que acompanhar outros indicadores, como a eficácia (tempo em vez de dinheiro), a satisfação do cliente e as conversões talvez seja a melhor forma de acompanhar o desempenho do seu negócio ao longo do tempo.

Evitar as métricas de vaidade

Como referimos anteriormente, existem alguns KPI indicadores que se inserem nas métricas de vaidade e que não devem ser analisadas, ou perseguidas com demasiado vigor.

Quando falamos em métricas de vaidade estamos a referir-nos a métricas que podem dar uma boa impressão, mas que não contribuem efetivamente para perceber a real performance de um negócio, nem ajudam na definição de estratégias futuras. 

Na verdade, qualquer métrica pode tornar-se numa métrica de vaidade. Por exemplo, um site pode ter 5.000 utilizadores registados, porém se apenas 50 forem realmente utilizadores ativos, então o número total não passa disso mesmo: um número sem grande expressão relativamente à performance real

Neste sentido, enquanto freelancer é importante que você tenha a capacidade de distinguir as métricas que realmente importam e que podem ajudar a delinear uma estratégia futura.

Exemplo de KPI Excel

Uma das formas mais populares de seguir os KPI indicadores é a utilização de ficheiros Excel. Pesquisando online é possível encontrar dezenas de templates, basta pesquisar pelos termos KPI Excel.

Contudo, como gostamos de facilitar a sua vida, preparámos um Excel Dashboard que acreditamos pode ser útil para muitos freelancers. 

Pode encontrar o nosso KPI Excel ou Excel Dashboard (como preferir) imediatamente abaixo. 

Fazer download de KPI Excel para freelancers

Clique na imagem abaixo para descarregar um modelo de KPI Excel para gestão de projetos.

dashboard gestao de projetos - kpi indicadores

Em conclusão: Compreender os KPI indicadores é um passo fundamental 

Resumindo e concluindo, os KPIs podem ajudá-lo a determinar o que é que está bem e mal no seu negócio, e agir em conformidade com essa informação. 

Todos os freelancers fazem isto subconscientemente, mas dissecar os números desta forma poderá ajudar a dar uma perspetiva mais clara, sem desculpas nem óculos cor-de-rosa.

Natalia Campana

Escreva um comentário

Artigos recentes