O que faz um desenvolvedor back end?

O

O desenvolvedor back end é o profissional responsável pela programação, implementação, manutenção e organização da estrutura tecnológica dos sites utilizando linguagens de programação. Continue lendo para saber mais sobre a carreira.

Introdução

Perfil profissional de um desenvolvedor back end.
Perfil profissional de um desenvolvedor back end.

O TI é uma área de atuação extremamente ampla e, hoje mais do que nunca, necessária para o sucesso de basicamente todo tipo de empresa. A boa notícia é que, por causa disso, não faltam oportunidades de empregos bem remunerados, principalmente na área de programação e desenvolvimento. E é aí que atua o programador back end.

Este profissional é o cérebro por trás do bom funcionamento de todo website. Com foco em bancos de dados, scripts e arquitetura de software, o ele constrói e mantém a tecnologia necessária para alimentar os componentes que permitem uma boa experiência de usuário.

Em outras palavras, o desenvolvedor back end atua nos bastidores da web, garantindo o bom funcionamento dos websites e fazendo com que atividades como logins, buscas por informações e cadastros sejam facilmente executadas, sem erros ou instabilidades.

Assim como o desenvolvedor front end, o desenvolvedor back end também pode atuar como desenvolvedor full stack, acumulando funções de ambas as áreas.

Responsabilidades

Responsabilidades de um desenvolvedor back end.
Responsabilidades de um desenvolvedor back end.

Mas como é a rotina de um desenvolvedor back end? Quais são suas responsabilidades?

É muito fácil não perceber a importância do trabalho dos desenvolvedores back end. Afinal, eles atuam “por trás das câmeras”. Entretanto, eles são extremamente importantes e indispensáveis no universo da computação.

Profissionais desta área estão por trás de praticamente todas as atividades realizadas na internet, coordenando bancos de dados através de linguagens de programação. Dessa maneira, as principais responsabilidades de um desenvolvedores back end são:

  • Criação, implementação e manutenção de bancos de dados
  • Manuseio de frameworks para back end
  • Integração de sistemas em nuvem
  • Aplicação de técnicas de segurança da informação orientadas a sites
  • Programação para servidores
  • Integração de APIs
  • Criação de relatórios de análise e estatística

Precisando de um desenvolvedor back end, sem comissões?
>> Perfis de desenvolvedores back end

Habilidades e competências

Habilidades de um desenvolvedor back end.
Habilidades de um desenvolvedor back end.

Mas quais são as habilidades necessárias para um bom desenvolvedor back end? Primeiramente a profissão exige uma combinação de soft skills bastante comum na área de TI, incluindo:

  • Flexibilidade para conhecer e entender as mais variadas facetas do desenvolvimento, incluindo noções de front-end e full-sack
  • Ser capaz de se comunicar e trabalhar em equipe, sem deixar de lado a organização e o raciocínio lógico
  • Ser autodidata e estar sempre buscando novas experiências e conhecimentos, como novos recursos, frameworks e bibliotecas
  • Ter proficiência em línguas estrangeiras, principalmente o inglês

Por outro lado, profissionais da área também devem possuir uma série de conhecimentos técnicos e habilidades práticas para desenvolver, testar e manejar a estrutura básica de um site, como:

  • Proficiência no manejo de sistemas operacionais específicos para servidores
  • Familiaridade com frameworks para back end
  • Familiaridade com técnicas de segurança da informação orientadas a sites
  • Noções básicas de UI e UX
  • Proficiência no gerenciamento e integração de servidores e bancos de dados
  • Desenvolvimento e análise de relatórios gerados pelo site

Finalmente, é indispensável que este profissional seja capaz de trabalhar diferentes linguagens de programação estruturais. Algumas das linguagens mais usadas na programação back end são:

  • ASP
  • C
  • C#
  • C++
  • CSS
  • Java
  • JavaScript
  • PHP
  • Python

À procura de um novo projeto ou trabalho?
>>Projetos para desenvolvedores back end

Formação e experiência

Conhecimentos sólidos em tecnologia e atenção às inovações do mercado são pré-requisitos indispensáveis para a atuação como desenvolvedor back end. Outras exigências podem incluir formação superior em sistemas de informação, ciência da computação e engenharia da computação.

No entanto, grande parte dos profissionais da área são autodidatas ou optaram por cursos técnicos e certificações de baixo custo, em busca de uma entrada rápida no mercado de trabalho.

Assim, alguns dos cursos mais indicados para futuros desenvolvedores back end são:

Quanto ganha um desenvolvedor back end?

Como acontece com a maioria das carreiras em TI, o salário de um desenvolvedor back end pode variar dependendo de uma série de fatores, incluindo empresa, nível de experiência e localização.

Nos Estados Unidos, por exemplo, profissionais da área têm uma renda média de cerca de $ $80.000 / ano, com uma variação entre $ 42.000 e $ 130.000 por ano, dependendo do seu nível de experiência.

Profissionais em atuação no mercado brasileiro recebem entre R$ 24.000 e R$ 140.000 por ano, com uma média de cerca de R$ 60.000 / ano. Já em Portugal, a carreira pode render em média € 22.500 / ano, com variação entre € 11.000 e € 64.000 por ano.

O salário de um desenvolvedor back end

Estados Unidos$ 80.000 / ano
Portugal€ 22.500 / ano
BrasilR$ 60.000 / ano

Quando ganha um desenvolvedor back end freelancer?

Tarifa horária de um desenvolvedor back end freelancer.
Tarifa horária de um desenvolvedor back end freelancer.

Em média, desenvolvedores back end freelancers recebem cerca de $ 39 / hora. Isto significa uma renda de cerca de $ 312 / dia em uma jornada diária de 8 horas de trabalho.

Outros perfis profissionais:

Milena Parno

Milena Parno é uma redatora e tradutora no freelancermap.com. Com anos de experiência em conteúdo digital, Milena já trabalhou em parceria com diversas empresas ao redor do mundo, escrevendo remotamente sobre negócios, marketing, tecnologia e muito mais. Hoje, ela é responsável por trazer as dicas, experiências e conteúdos mais relevantes para freelancers que buscam impulsionar suas carreiras.

Escreva um comentário

Artigos recentes

Cookie Consent One Trust