Como fazer um pitch e conquistar novos clientes

C

A conquista de clientes é um grande desafio para os freelancers, com vários estágios nessa “jornada” até se apresentar a possibilidade de apresentar seu trabalho e conseguir o sim. Mas como fazer um pitch que faça seu trabalho ser realçado e você se destacar em relação aos demais?

Neste texto damos várias ideias para você conseguir conquistar novos clientes e, mais importante ainda, começar a construir uma relação ganha-ganha.

O que é um pitch?

Um pitch nada mais é do que uma breve apresentação. Aliás, não é uma simples apresentação: é a melhor maneira de “vender seu peixe”. Afinal, um pitch bem feito e bem elaborado expõe o seu trabalho e tudo o que você é capaz de fazer.

E vai muito além de informações corriqueiras, como dados pessoais, que tipos de trabalhos já fez (ou pretende fazer). Ou então, o seu público-alvo (quem se beneficia de seu trabalho) e o que você tem a oferecer.

Explicar o que é um pitch não é difícil. Ele é, basicamente, a forma ideal de você convencer potenciais clientes (ou investidores) de que seu trabalho é essencial. Ou ainda que sua ideia ou projeto são fora de série, com uso de elementos e argumentos convincentes (e realistas).

Portanto, se você não sabe ao certo como montar um pitch e quer informações sobre o assunto, siga em frente. Dessa maneira, você aprenderá, inclusive, como fazer pitch perfeito para atrair ainda mais clientes.

Como fazer um pitch de diferentes formas

Um pitch pode ter diferentes objetivos, portanto, não é recomendado fazê-lo da mesma maneira para todos os projetos e todos os clientes. Então, conhecer algumas formas de fazer um pitch ajudará você a usar os melhores elementos e estratégias para o que você pretende apresentar.

Pitch tradicional

Sem ajuda de instrumentos, tecnologias ou muitas estratégias. É você explicando por que seu serviço ou produto serão necessários para um projeto ser bem-sucedido. Tente ser direto ao ponto, realista e conhecer não só o cliente, mas entender o que ele quer.

Pitch com apresentação

O mais comum, envolvendo uma apresentação que pode ser presencial, ou no caso dos freelancers e trabalhadores remotos, online. Ela envolve dados, prazos e objetivos e pode ser feita em uma apresentação de slides (Power Point) ou vídeo.

Pitch de elevador

Uma ideia bastante famosa. Já pensou em mostrar quão essencial e importante é seu trabalho em uma conversa de elevador? É mais ou menos esse o objetivo do elevator pitch: apresentações que duram em média até um minuto, onde quer que você esteja. Conciso, direto ao ponto e que busca aproveitar um tempo “perdido” para capturar a atenção de alguém.

Pitch em uma frase

Capturar a atenção de seu cliente é fundamental, assim como não fazê-lo gastar seu valioso tempo. Então ao pensar em como fazer um pitch, simplifique: como posso explicar a ideia em uma frase. Claro que no fim, se a frase for boa, será necessário dar mais detalhes. Mas com uma frase inicial matadora, as portas podem se abrir.

Dicas para fazer um pitch de sucesso

Antes de qualquer coisa, você deverá encontrar pessoas a quem o seu trabalho terá valor e utilidade. Afinal, só podemos vender nosso peixe a quem estiver disposto a comprar, não é mesmo?

Seja claro nas suas ideias

Então, informe de maneira clara que tipo de produto ou serviço você oferece. Além disso, este será o momento em que você deverá dizer por qual motivo o seu potencial cliente precisa do que você tem a oferecer.

Mostre o seu diferencial

Se você tem um diferencial interessante, apresente para seus – assim esperamos – futuros clientes. Por que eles devem investir nos seus serviços e não nos dos seus concorrentes? A concorrência pode ser grande e, por isso, tudo o que puder te destacar deverá ser apresentado.

Diversifique suas apresentações

Como falamos anteriormente, existem mais de um tipo de pitch e cada um deles poderá desempenhar uma função diferente. Portanto, se for preciso, lembre-se de fazer diversas apresentações, compatíveis com os seus objetivos. Ou seja, sempre ao pensar como fazer um pitch, muitas respostas estão certas.

Lembre-se ao fazer um pitch que tempo é dinheiro

Mas lembre-se que você não terá muito tempo para fazer suas apresentações. Afinal, o objetivo do pitch é ser uma apresentação breve e direta. Dessa forma, faça a comunicação de forma clara, use elementos e recursos que facilitem a compreensão e tenha objetividade.

Neste quesito, menos é mais e estamos mantendo o foco em um primeiro contato. Com isso, se você conquistar um novo cliente, não faltarão oportunidades para que vocês conversem com mais tempo depois.

Ensaie sua apresentação

Depois de montar seu pitch, ensaie a sua apresentação. Então, seja na frente do espelho, gravando um vídeo ou reunindo amigos e familiares, dê o seu show. Este será o momento de você avaliar a qualidade (e até o tempo de duração) de seu pitch.

Já ouviu a célebre frase “tempo é dinheiro”? Pois bem, a primeira dica que podemos te dar é: poupe seus potenciais clientes de detalhes desnecessários. Lembre-se que estamos falando de apresentações curtas e objetivas.

A concorrência é grande quando se trata de freelancers. Então, mostre o seu potencial e o quanto você oferece um produto ou serviço diferenciado. A maneira como você executa seus trabalhos e seu histórico também serão importantes em sua apresentação.

Não deixe de investir no desenvolvimento de sua própria marca. Então, se puder criar uma identidade visual, logo, perfil profissional ou mesmo um site, você estará à frente de muitos concorrentes. Isso dá um ar de profissionalismo e passa a primeira impressão de que os futuros clientes podem confiar no que você tem a oferecer.

Crie uma rede de contatos

Networking é tudo na vida de um freelancer. Portanto, se você tem uma rede de contatos profissionais das mais variadas áreas, invista nelas. Dessa maneira, seu nome estará sempre em evidência entre potenciais clientes e você será lembrado.

Aliás, quando se trata de contatos, é sempre bom conhecer pessoas de diversas áreas. Ainda que tenhamos a tendência de nos aproximarmos de gente que trabalha na mesma área, pense também que são concorrentes. Então, mantenha sempre uma boa relação com pessoas que podem usar seu trabalho.

Falando em contato, é muito importante que, ao fazer uma apresentação para potenciais clientes, você tenha uma boa relação com eles. Por isso, seja sempre honesto e mostre que além de ser um prestador de serviço, você também é um ser humano, como eles. Em termos de diferencial, isso pode ser tão importante quanto os seus conhecimentos e serviços prestados.

Vamos a outro clichê: “quem não é visto, não é lembrado”. Mostre-se para o máximo de potenciais clientes que puder e aumente ainda mais as chances de ser contratado. Portanto, envie seu pitch para pessoas ou empresas que podem se interessar por seus trabalhos.

Programas para fazer um pitch perfeito

Além de um bom conteúdo, é importante que seu pitch tenha um visual atraente e funcional. Dessa maneira, a comunicação será muito mais eficiente enquanto você estiver fazendo a sua apresentação.

Alguns dos programas para montar um pitch são:

  • Power Point 
  • Canva
  • Google Slides
  • Keynote
  • Adobe Sparks
  • E muito mais

E o melhor de tudo é que você não precisará estar de frente para um computador para montar seu pitch. Então, basta ter um celular na mão e algum destes aplicativos instalados e voilà bote a mão na massa e faça a sua apresentação.

Jota Del Rosso

Jota Del Rosso é redatora, tradutora, cientista social e atriz em formação. Acredita que trabalhar remotamente foi uma das melhores coisas que já decidiu fazer e por isso, é a pessoa perfeita para as traduções em português do freelancermap.com

Escreva um comentário

Artigos recentes

[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]