O que faz um gestor de conteúdo?

O

Um gestor de conteúdo é responsável por coordenar e monitorar a estratégia de conteúdo de uma marca, serviço ou empresa no mundo digital. Mas o que exatamente faz este profissional? Qual treinamento é necessário? E como você pode se tornar um?

Perfil profissional

Perfil de um gestor de conteúdo: funções, skills, formação e salário.
Perfil de um gestor de conteúdo: funções, skills, formação e salário.

A resposta a essa pergunta parece fácil, certo? É uma pessoa que gerencia conteúdo. Apesar de não estar incorreta, a resposta não é propriamente descritiva. O conteúdo pode ser qualquer coisa: vídeo, áudio, texto, imagens ou uma mistura deles. Mas além disso, o que significa ser um gestor de conteúdo?

Aqui está uma definição resumida: o gestor de conteúdo é responsável por encontrar e distribuir conteúdo de maneira apropriada para atingir um determinado público-alvo e alcançar os objetivos de negócios da empresa pela qual é responsável. Pareceu um pouco complicado? Na prática tudo é bem mais simples. 

Suponhamos que você seja o gestor de conteúdo de um site que vende flores. Você decide optar por publicar mais material audiovisual, pois é este o tipo de conteúdo que parece agradar os usuários. Eles não querem perder tempo lendo páginas e mais páginas sobre pétalas, frutos e terminologias em latim. Seu objetivo é apenas comprar as flores mais bonitas.

Dependendo do negócio, você pode querer espalhar esse conteúdo por meio de mídia social ou marketing offline. E você tem que garantir que as fotos e vídeos das flores não só cheguem a muitas pessoas, mas também se convertam em vendas. Quem recebe as fotos e vídeos, onde eles são publicados, quanto a empresa deve investir na divulgação do material e qual é o retorno esperado sobre o investimento também são perguntas que você deve fazer como um gestor de conteúdo.

Funções

Funções de um gestor de conteúdo.
Funções de um gestor de conteúdo.

O gestor de conteúdo ou gerente de conteúdos é o profissional responsável pelo conteúdo de um site e pode ser, dependendo da dimensão da empresa, responsável pela criação, publicação e atualização do conteúdo ou apenas por gerir uma equipe que se encarrega dessas tarefas.

Quais são as tarefas de um gestor de conteúdo?

  • Definição de objetivos e estratégias de conteúdo
  • Identificação do público-alvo e consumidores
  • Definição dos formatos de conteúdo
  • Definição de temas de criação de um plano editorial
  • Análise de mercado e concorrência
  • Definição e monitoramento de palavras-chave (SEO)
  • Análise de resultados: tráfego, conversão, etc.

Precisa de um gestor de conteúdo, sem comissões?
>> Perfis de gestores de conteúdo

Skills

Skills de um gestor de conteúdo.
Skills de um gestor de conteúdo.

1. Sistemas de gerenciamento de conteúdo (CMS)

Entre as ferramentas mais utilizadas pelos gestores de conteúdo estão os Content Management Systems (CMS) ou sistemas de gerenciamento de conteúdo. Estes sistemas permitem o gerenciamento do conteúdo em blogs e sites com mais facilidade. Seu objetivo é simplificar a construção e manutenção de sites, dispensando até mesmo a participação de programadores.

Existem dezenas de sistemas de gerenciamento de conteúdo, cada um com sua própria abordagem. Os três mais populares representam mais de 70% do mercado, segundo a w3Techs. Aqui está um breve resumo desses três:

WordPress

Mais de um quarto de toda a Internet é gerenciada por meio do WordPress. A plataforma é opens-source, conta com uma grande comunidade e já provou ser um dos CMSs mais simples. Empresas como Spotify, CNN, Sony e Disney usam WordPress, ou seja, não são apenas empresas amadoras que adotam esta plataforma.

Joomla!

Embora não seja tão querido quanto o WordPress, o Joomla! ocupa um merecido segundo lugar na lista dos CMSs mais utilizados. Com mais opções de adaptação de código, esta plataforma pode ser bem mais flexível do que o WordPress. A Harvard usa o sistema em seu site.

Drupal

Dos três CMSs mais populares, o Drupal tem a curva de aprendizado mais íngreme. Muitos engenheiros e desenvolvedores preferem este CMS por todas as possibilidades que ele oferece.

Por não ser tão popular quanto o WordPress, pode ser mais difícil encontrar pessoas habilitadas a operar o sistema. No freelancermap.com, você pode se conectar gratuitamente com freelancers especializados em Drupal. A Casa Branca usa o sistema em seu site.

2. Conteúdo e público-alvo

O gestor de conteúdo também precisa entender de maneira aprofundada o conteúdo pelo qual é responsável. Além de definir o tom de voz utilizado pela empresa ou marca, este profissional também é frequentemente responsável por fazer a edição final do conteúdo, antes que ele seja publicado. Durante este processo, o gestor de conteúdo muitas vezes  fica responsável por definir detalhes, como título, palavras-chave, entre outros.

Para isso, os gestores de conteúdo geralmente utilizam as seguintes ferramentas:

  • Google Analytics
  • Google  Search Console
  • Planejador de palavras-chave do Google
  • Ahrefs
  • SEMrush

3. Últimas tendências

Não se trata apenas de ser capaz de editar o conteúdo corretamente e publicá-lo no lugar certo, mas também de entender o que seu público está procurando.

Quem gerencia um site sobre tecnologias, por exemplo, deve sempre estar atento aos próximos grandes lançamentos de produtos, eventos e feiras de jogos. Por outro lado, gestores responsáveis por sites de venda de roupas, devem acompanhar de perto as últimas tendências do mundo da moda.

Para fazer isso, nada melhor do que acompanhar as redes sociais mais utilizadas pelo público alvo. Além disso, o Google Trends também é um ótimo aliado na identificação de tópicos nos quais as pessoas estão interessadas em um determinado momento e também de tendências temporárias.

Em resumo, algumas das principais habilidades de um gestor de conteúdo incluem:

  • Amplo conhecimento de CMSs, como WordPress e Drupal
  • Experiência prática com MS Office e WordPress
  • Conhecimento das melhores práticas de SEO
  • Conhecimento de métricas de tráfego da web
  • Capacidade de se manter atualizado com as últimas tendências
  • Familiaridade com as principais plataformas de mídia social
  • Experiência com gerenciamento de mídia social
  • Fortes habilidades de comunicação
  • Grande atenção aos detalhes

À procura de um novo projeto ou trabalho?
>> Projetos para gestores de conteúdo

Formação

Embora a formação superior não seja obrigatória para se tornar um gestor de conteúdo, a maioria das empresas procuram por profissionais com diploma em Jornalismo, Marketing, Publicidade e Propaganda, ou em outras áreas relevantes.

Certificações e treinamentos específicos também são um diferencial no currículo. Algumas das opções mais indicadas são:

Salário

O salário de um gestor de conteúdo pode variar dependendo de uma série de fatores, como área de atuação, tipo e tamanho da empresa, nível de experiência e localização.

Nos Estados Unidos, por exemplo, profissionais da área têm uma renda média de cerca de $ 60.000 / ano. Profissionais em atuação no mercado brasileiro recebem cerca de R$ 84.000 / ano. Já em Portugal, a carreira pode render em média € 17.000 / ano.

Quanto ganha um gestor de conteúdo?

Estados Unidos$ 60.000 / ano
Portugal€ 17.000 / ano
BrasilR$ 84.000 / ano

Quando ganha um gestor de conteúdo freelancer?

$57: tarifa horária média de um gestor de conteúdo freelancer
Tarifa horária média de um gestor de conteúdo freelancer (freelancermap, novembro de 2021).

A tarifa horária para gestores de conteúdo freelancers também pode variar de acordo com o nível de experiência do profissional e/ou dependendo do tipo de projeto a ser realizado.

No entanto, conforme levantamento feito no freelancermap.com em novembro de 2021, profissionais da área podem receber cerca de $ 57 / hora como freelancers. Isto significa uma renda de cerca de $456 / dia em uma jornada diária de 8 horas de trabalho.

Outros perfis profissionais em TI:

Milena Parno

Milena Parno é uma redatora e tradutora no freelancermap.com. Com anos de experiência em conteúdo digital, Milena já trabalhou em parceria com diversas empresas ao redor do mundo, escrevendo remotamente sobre negócios, marketing, tecnologia e muito mais. Hoje, ela é responsável por trazer as dicas, experiências e conteúdos mais relevantes para freelancers que buscam impulsionar suas carreiras.

Por Milena Parno

Artigos recentes